Clarel em Portugal transforma 21 lojas em Minipreço

De acordo com o site Dinheiro Vivo, a Clarel encerrará 41 lojas em Portugal, sendo que 21 delas passarão a ser Minipreço.

Ao site Hipersuper, uma fonte explica que o negócio da Clarel será descontinuado de modo a que a empresa possa investir os seus recursos em atividades que tragam valo ao cliente nesta fase mais delicada.

Colaboradores Clarel são integrados na atividade do Minipreço

Apesar desta transformação, a mesma fonte assegurou que os colaboradores das lojas de produtos de cuidado pessoal, de perfumaria e do lar serão integrados na atividade do Minipreço. Nesse sentido, irão reforçar a capacidade de resposta da empresa de retalho alimentar.

Assim, das 71 lojas Clarel em Portugal, 41 serão encerradas, sendo que 12 passam a ser Minipreço e 9 em darkstores para apoiar e reforçar o comércio online. Já outras 9 ficarão, à partida, abertas até escoamento de stock, assegurou a mesma fonte ao Hipersuper.

O processo já se iniciou e há previsão de até ao final de março de converter as 12 lojas Minipreço. As restantes transformações deverão estar concluídas até ao final do primeiro semestre do ano.